+55 (11) 2528-4181

DJ Felipe Venancio – HOUSE

DJ FELIPE VENANCIO – HOUSEDJ, produtor e remixer com 28 anos de atividade profissional, Felipe Venancio é considerado o mais importante e respeitado nome da house music no país.

Sempre associado a um público jet-set, fashion e informado, seus sets cheios de bom gosto musical e cultura produzem uma atmosfera especial a todos que podem estar em sua pista.

Em São Paulo, seu som pode ser ouvido semanalmente nos melhores clubes de São Paulo e do país. Sua bagagem musical de duas décadas permite que a música de Venancio possa ser ouvida em grandes eventos como no Fatboy Slim em Belém para 14 mil pessoas a até os mais sofisticados e luxuosos casamentos. Para Venancio sua música é um estado de espírito que não está associado somente a batidas e tendências.

Venancio fez a curadoria de DJs e artistas para o TIM Festival por dois anos. Junto com seu sócio, Tuta Aquino, idealizou e conceituou a primeira vinda da banda pop Massive Attack para a Poladian Produções.

Hoje considerado por alguns como o DJ que atravessou a barreira da cabine de som e invadiu a mídia, Venancio tem participações em programas de TV como no programa “Estrelas”, onde produziu uma faixa a pedido da apresentadora Angélica com os ruídos de São Paulo.

Venancio virou garoto propaganda do Globo Esporte para promover o Brasileirão e ainda inaugurou a participação de DJs, não em festas temáticas, no programa Big Brother 7. Como representante da cena eletrônica nacional, Venancio foi o escolhido por empresas que investem no segmento para entrevistar produtores músicas, como para o Bacardi B Live quando falou com o radialista e DJ da Radio One da BBC, Pete Tong. Para a MTV, conduziu entrevistas em solo internacional como a dupla iraniana, Deep Dish.

Felipe não fica somente nas cabines clássicas de clubes. Já se apresentou no famoso Casino de Paris, tocou nas quatro noites do cruzeiro do Rei Roberto Carlos, se apresentou no Theatro Municipal de SP orquestrando sete músicos em um espetáculo de dança do diretor José Possi Neto e com participações de Zizi Possi e Paula Lima, além das tantas trilhas de desfiles de moda que Felipe continua assinando.

 Jet-Set

Com agenda sempre lotada, Felipe é o DJ de badaladas festas. Saint Tropez, Sardenha e Ibiza, onde foi o primeiro DJ brasileiro a tocar na ilha em 1998 no megaclube Privilege. O famoso aniversário da modelo Naomi Campbell em Saint Tropez (a modelo o trata como ‘My brazilian DJ’) teve em sua pista celebridades como o príncipe Albert, de Mônaco, o estilista Stefano Gabbana, o rapper P. Diddy, Bono Vox, Adrien Brody, a modelo Natalia Vodianova e dos estilistas da D-Squared, Dan e Dean Caten.

Em setembro de 2009, Felipe se apresentou em Cingapura, uma festa que reuniu o melhor da gastronomia e da música brasileira. O Evento, “The Brazil Dream”, ganhou notoriedade internacional entrando inclusive para o calendário oficial de Cingapura e para o descolado guia da TimeOut.

Em 2002 Venancio se apresentou em Cannes, na festa de lançamento do filme Madame Satã. Em Nova York; se apresentou também no exclusivo Man Ray (com Ruppert Everett, Bono Vox e Wyclef Jam na pista), e na inauguração do superlounge PM, no Meat Parcking District.

Em Paris, Felipe Venancio animou a festa da Daslu no Quai D’Orsay. Na última teve em sua pista o editor André Leon Talley, da Vogue America, que adorou o seu “music style” quando o DJ tocou no lançamento do seu último livro ” A.L.T 365″. O CD “Mixshow vol. 2”, aliás, virou trilha sonora de Tom Ford em suas férias, conforme contou por email à Daslu o diretor Richard Buckley, que também se divertiu com a house music do DJ.

Fashion DJ

Depois de trabalhar mais de quinze anos produzindo desfiles de moda, onde chegava a assinar vinte e dois desfiles em apenas uma edição, agora as trilhas de espetáculos de dança são a mais nova área onde Venancio mostra seu talento. Dessa nova fase, são exemplos a direção musical para os espetáculos “Valsa”, “Transverso”, “Entre o Céu e o Azul”, “Muito pelo Contrário”, “Espanha”, e mais recentemente “Martha Graham” que tem re-estréia em Paris em junho deste ano de 2011 e o espetáculo “Samba”, em abril, em São Paulo. Ambos com direção de Zé Possi Neto e coreografia de Anselmo Zolla.

O mundo fashion, no entanto, ainda tem as trilhas de Venancio. Assim, Walter Rodrigues e Lino Villaventura são as marcas para quem ele produz trilhas, atualmente, e que desfilaram ao seu som na última temporada de Inverno de 2011, no Fashion Rio e na São Paulo Fashion Week.

Felipe já assinou os principais desfiles do país: Alexandre Herchcovitch, Forum, Ellus, Reinaldo Lourenço, Cia Marítima, Sommer, Triton, Cori, Zoomp, Alphorria, Osklen, Blue Man, Yes Brazil, Ricardo Almeida, Jun Nakao, Ronaldo Fraga, M.Officer, Patachou entre outras.

A pedido da apresentadora Angélica, Venancio produziu uma faixa baseada nos timbres tirados da cidade de São Paulo. Buzina de motoboys, bate-estaca, helicóptero, entre outros samples, foram mixados, produzindo uma divertida house. A gravação – no estúdio e na rua – e um clipe com o resultado final foram ao ar no programa “Estrelas” da Rede Globo, em maio de 2006. Essa faixa levou duas semanas para ser produzida e foi exibida no programa diante das demais convidadas da apresentadora: a cantora Alcione e as atrizes Nivea Stelmann e Totia Meirelles.

Já no começo de 2007, Felipe foi convidado para abrir o “Big Brother Brasil”, reality show da mesma emissora, tocando seu famoso set de house para os participantes da casa. A festa durou 1h30 e contou com a participação de ilustres, como o Diretor Jorge Fernando, os atores Victor Fasanno, Grazi Massafera, entre outros, e foi a animação dos brothers transmitida, nos melhores momentos, durante cinco minutos, para aproximadamente 21.812.000 pessoas em todo Brasil.

Consultorias

Através da 12″ Agência de Música, empresa que abriu no final de 2003 com o sócio Tuta Aquino, Felipe fornece conteúdo musical aos mais diversos clientes. A vinda ao Brasil do grupo Massive Attack teve sua consultoria.

Foi de Felipe também as consultorias da pista After Hours do Tim Festival, realizado em outubro de 2003. Também sob direção de Monique Gardemberg, o DJ foi consultor de música eletrônica da nona edição do Free Jazz Festival, que aconteceu em 2001.

Prêmios

Depois de vencer por três anos consecutivos (2000, 2001 e 2002) como Melhor DJ de House, foi promovido a Hors-Concours na categoria do prêmio da coluna Noite Ilustrada do Jornal Folha de S.Paulo. Venancio foi também o vencedor como Melhor DJ de House, da premiação promovida pela revista especializada DJ Sound, em maio de 2003.

Pistas Internacionais

Felipe Venancio tocou na primeira edição do Rock in Rio – Lisboa (maio/04), onde pôde representar o Brasil e mostrar suas produções com o tempero brasileiro para uma pista jovem e interessada. Lisboa já teve duas outras oportunidades de ouvir a house de Venancio. Em 96, abriu o show do Soul II Soul e, em uma segunda vez, excursionou na turnê de lançamento do seu segundo CD, “Twisted”, em 97. Outras pistas internacionais, como em Londres, Sardenha, Cannes, Milão e Ibiza (onde foi o primeiro DJ brasileiro a tocar na ilha) receberam a “house sexy” do DJ.

Ainda em 2004, Felipe foi o DJ convidado do projeto Fashion in Moscow, que levou nossa moda e nossa cultura para a Rússia. Entre os convidados, estavam os estilistas, que em seus desfiles recebem a assinatura do DJ: Alexandre Herchcovitch, Walter Rodrigues e Amir Slama/Rosa Chá.

Venancio assinou o repertório musical de toda a ambientalização sonora do evento, e tocou para os convidados durante o coquetel que aconteceu após os desfiles. Sendo notado pela sua mistura de timbres nacionais durante o cocktail, Venancio recebeu o convite de tocar no badalado clube First, de jet-setters russos. O que era para ser uma participação especial de 30 minutos se transformou em um set de duas horas.

Top DJs internacionais de house music, como Tony Humphries, Louie Vega, Todd Terry, Frankie Knuckles, Joaquim Claussell, David Morales, Erick Morillo, Tedd Patterson, Bob Sinclair e Osunlade conhecem e já dividiram seus sets em companhia de Felipe Venancio.

Domestic e Remixes

Por esse trabalho, Felipe Venancio foi considerado pelo jornal “O Globo” como produtor responsável pelo boom das produções nacionais, citando como marco zero o bem-sucedido remix para Cláudio Zoli “Noites do Prazer”, que trouxe o artista de volta às paradas e ao seu primeiro disco de ouro.

Outros artistas remixados por Venancio como Bebel Gilberto (“Sem Contenção”); Marina Lima (que incluiu duas de suas produções no disco “Setembro”, de 2001, Abril Music); Luciana Mello (“Prazer e Luz”, Trama); a diva disco Lady Zu em “Vou te Provar” (Abril). A pedido da gravadora Sony, Felipe Venancio atualizou o clássico “O Portão”, do rei Roberto Carlos, que se transformou em legítimo sucesso de pista, cantado por diferentes gerações. Na voz de Seu Jorge, a versão house de Venancio para “Convite para a Vida” foi escolhida para abrir o badalado CD de remixes do filme “Cidade de Deus”, que contém mais de 30 produções de DJs nacionais, enquanto a linda interpretação de “Foi para o seu bem”, de Paula Lima, acabou sendo incluída no disco da artista como faixa-bônus.

O publicitário Nizan Guanaes pediu para Venancio remixar o tema da Brahma cantado por Zeca Pagodinho. O resultado são 7 minutos de pura house music com o espírito carioca.

Back in the Days

Felipe Venancio começou sua carreira no Rio de Janeiro em meados dos anos 80, no lendário clube Crepúsculo de Cubatão e passou pelo Kitschnett e pela Dr. Smith, onde ficou por cinco anos na noite “Até que Enfim é Sexta-Feira”. Nessa época passou a se tornar conhecido em todo o país, a partir das festas Val-Demente, impondo um tipo de som intenso e pessoal que se tornou referência para DJs em todo o Brasil, vindo a se caracterizar com “o som do Rio”.

Discografia

Garage – Felipe Venancio (Polygram, 1995)

Twisted – Introduced by Felipe Venancio (Universal, 1997)

Felipe Venancio MixShow vol. 1 (Building Respect)

Felipe Venancio MixShow vol. 2 (Building Respect)

Felipe Venancio MixShow vol. 3 (Building Respect)

Café de La Musique mixed by Felipe Venancio (Building Respect)

Felipe Venancio MixShow Verão 2007 (Building Records)

Remixologia

Marina Lima “Pierrot” (1999)

Claudio Zoli “Noites do Prazer” (2001)

Marina Lima “Notícias” (Setembro – Abril Music, 2002)

Marina Lima “No Escuro” (Abril Music, 2002)

Lady Zu “Eu vou te Provar” (Number One – Abril Music, 2002)

Luciana Mello “Prazer e Luz” (Universal, 2002)

Sr. Jorge “Cidade de Deus” (ST2, 2003)

Wanessa Jackson “De volta pra mim”

RedFones “Tudo vai mudar”

Roberto Carlos “O Portão” (Remixed – Sony, 2013)

Paula Lima “Foi para o Seu Bem” (Paula Lima – Universal, 2003)

Zeca Pagodinho vs Domestic “Um Grande Amor (Nã, Nã, Nã) (Universal, 2004)

Pajubá “Aquelas” (2005)

Pajubá “Mela Tecla” (2005)

Juliana Aquino “Don’t Let Me Be Misunderstood” (2006)

Wanessa Camargo “Te Quero Só Pra Mim” (2006)

Wanessa Camargo “Sorte” (2007)

Paula Lima “Flor de Maracujá” (2011)

Top
Desenvolvido por: