+55 (11) 2528-4181

Arnaldo Jabor

viva-arnaldo-jabor-2

Carioca nascido em 1940, o cineasta e jornalista Arnaldo Jabor já foi técnico de som, crítico de teatro, roteirista e diretor de curtas e longas metragens.

Começou a carreira em 1962 em O Metropolitano, jornal ligado ao movimento estudantil.

Ao longo das décadas de 60, 70 e 80, dedicou-se ao cinema.

Na década de 90, por força das circunstâncias ditadas pelo governo Fernando Collor de Mello, que sucateou a produção cinematográfica nacional, Jabor foi obrigado a procurar novos rumos e encontrou no jornalismo o seu ganha-pão.

Estreou como colunista de O Globo no final de 1995 e mais tarde levou para a TV Globo, no Jornal Nacional e no Bom Dia Brasil, o estilo irônico com que comenta os fatos da atualidade brasileira.

Atividades:

– Comentarista de telejornais.
– Colunista capaz de escrever com fluência em estilos variados, é pródigo em aliar citações eruditas a uma visão debochada da realidade brasileira.

Títulos:

– Direito na Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro
– Curso de cinema Itamaraty-Unesco, 1964

Livros Publicados:

– “Pornopolítica”, Editora Objetiva, 2006
– “Amor é Prosa, Sexo é Poesia”, Editora Objetiva, 2004
– “Sanduíche de Realidade e Outros Escritos”, Editora Objetiva, 1997
– Coletânea de crônicas: “Brasil na Cabeça”, 1995
– Coletânea de crônicas: “Os Canibais estão na Sala de Jantar”, 1993

Temas das palestras:

– Cases de sucesso
– Economia – cenário nacional e internacional
– Política – mcenário nacional e internacional
– Cultura e Sociedade – Comportamento
– Projeto de um novo Brasil
– Moderador de debates

Top
Desenvolvido por: